melhorar o perfil do linkedin

11 dicas para melhorar seu perfil no LinkedIn

Não é de hoje que muita gente se preocupa em manter o perfil no LinkedIn atualizado. A rede social voltada para contatos profissionais é um dos itens mais lembrados na hora de buscar um novo emprego ou mostrar o que você conquistou, entre outras possibilidades oferecidas pela plataforma.

O LinkedIn tem hoje mais de 630 milhões de membros registrados no mundo todo. Em meio a tanta gente, é um desafio chamar a atenção de colegas e recrutadores. Mas não precisa ser um bicho-de-sete-cabeças. Manter uma página forte no LinkedIn demonstra que você tem interesse e se dedica a cuidar da sua vida profissional. Veja a seguir 11 dicas para tornar seu perfil nessa rede atraente. 

Leia também | [ENTREVISTA] Especialista em LinkedIn fala sobre o poder da rede

  1. Seu perfil no LinkedIn não é a mesma coisa que seu currículo 

Pode ser útil saber qual a diferença entre um currículo (o curriculum vitae, ou CV) e um perfil no LinkedIn. Embora tanto em um quanto no outro você consiga contar todo o seu histórico profissional, suas habilidades e formação, o currículo em sua forma mais tradicional é basicamente um documento “estático”, que em dado momento é fechado e enviado para um recrutador ou alguém que pode te ajudar a encontrar um emprego. 

Já o LinkedIn é dinâmico: você pode sempre atualizar seu perfil, expressar opiniões, compartilhar artigos, interagir com empresas e profissionais e assim ampliar a sua rede de contatos, além de se informar sobre o que as pessoas estão fazendo e discutindo.  

Mas um complementa o outro, e é importante ter os dois: um currículo bem redigido e um perfil forte no LinkedIn. Isso porque um recrutador pode fazer uma busca na internet e achar o seu perfil, interessar-se e te pedir um currículo. Por outro lado, pode acontecer de ele receber seu currículo e resolver olhar o seu LinkedIn para saber mais sobre suas opiniões e atuação profissional. 

  1. Use palavras-chave da sua área de interesse e atuação

Ao longo do seu perfil, use palavras-chave, como termos e expressões comuns em sua área de atuação, que facilitem a busca de quem está atrás de profissionais com suas características, experiência e habilidades.

  1. Atenção à imagem e dados do primeiro item do seu perfil no LinkedIn

Não diga apenas se é diretor, gerente ou analista, e especifique sua área de atuação, para que ele fique mais descritivo. Se você não editar essa parte, ela apenas mostra o cargo e a empresa onde você trabalha atualmente, e aí o que fica em destaque é a empresa, e não você. Na foto, em vez daquela imagem sua na praia, procure uma que mostre como você é quando está trabalhando.  Mas não é preciso estar de terno e gravata, se isso não é o normal no dia a dia de sua profissão. 

  1. Capriche no resumo (summary)

Há um motivo porque o resumo, ou “summary”, aparece logo após seus dados mais básicos e atuais. Ele ajuda quem olha o seu perfil a entender, de forma rápida, quem você é e de onde você vem. Aqui também é útil usar algumas palavras-chave. A linguagem pode ser mais informal do que num currículo. Uma dica para preencher essa parte é pensar: se um recrutador ler este resumo, ele vai ficar com vontade de me contatar?

  1. Mostre suas conquistas em empregos e trabalhos anteriores

Não precisa entrar em muitos detalhes, mas é importante ter uma descrição suficiente para que as pessoas entendam o que você faz ou fazia. É interessante não falar apenas do cargo e atribuições, mas dos resultados que você obteve. Se você listar um emprego no seu CV, coloque-o também no LinkedIn, mesmo que um seja de forma mais resumida, porque é sempre bom ter uma cronologia completa de suas experiências na rede, e para que haja consistência entre os dois. Mais cargos e empresas e serviços aumentam as chances de ser encontrados em uma busca.

  1. Aproveite as áreas adicionais do LinkedIn

Publicações, projetos especiais, atuação em causas sociais e trabalhos voluntários ajudam a formar um perfil mais completo e a trazer mais informações sobre você. Recrutadores realmente fazem buscas nessa rede, filtrando por palavras-chaves específicas, então é sempre interessante usá-las da melhor forma possível. 

  1. Personalize sua URL no LinkedIn

Certifique-se que o endereço do seu perfil no LinkedIn é o seu nome, e não um conjunto aleatório de letras e números. É bem útil na hora de compartilhar, e você ainda pode usá-lo na sua assinatura de e-mail. Ao customizar o link com seu nome profissional, você também sobe nas pesquisas. 

  1. Fique ativo na rede 

Os melhores perfis do LinkedIn não ficam parados, mas mantêm-se ativos, publicando ou compartilhando vídeos, artigos e opiniões relevantes para sua área de atuação, comentando o que os outros postam, entre outras atividades. Assim, quem eventualmente encontrar seu perfil não vai achar que entrou numa página parada, que pode passar a impressão de que a pessoa não está cuidando da vida profissional. 

  1. Exponha suas opiniões

Por falar em postar opiniões, o Brasil é um dos países que mais usam a ferramenta de postagens do LinkedIn. Seu perfil vira quase um blog. Quem escreve bem vira uma espécie de influenciador e pode se tornar conhecido entre suas conexões e as conexões delas. Apenas não publique posts que não têm a ver com aspectos profissionais; reserve esses para outras redes, como Facebook ou Instagram. 

  1. Busque recomendações que valham a pena

Não adiante ter um monte de recomendações de gente que não tem muito a ver com você. O melhor é investir em pedir recomendações de pessoas estratégicas. Regra parecida vale para os seus contatos: o que importa é a qualidade da sua rede, e não a quantidade de profissionais com quem você está conectado. 

  1. Experimente ter o perfil em outros idiomas

No LinkedIn, é possível ter um perfil também em outros idiomas, dentro da mesma URL! Se você domina bem uma outra língua, é uma oportunidade para chamar a atenção também de quem está fora do país. Há uma opção para você criar o perfil em outro idioma, ficando na mesma página (URL). Você só precisa traduzir as informações.

Aplique essas otimizações no seu perfil no LinkedIn e conte pra gente os resultados! Aproveite e acompanhe a nossa Página do LinkedIn para ter acesso a mais conteúdos como este!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *